Referência pra homem: Tim Melideo

by Eduardo Lautert


Quarta-feira, dia oficial das referências. E já que a Copa do Mundo virou passado, hoje retomamos com as referências fora do mundo futebolístico.

Tim Melideo é o cara por trás do excelente Stay Classic, um blog de fotos quase que diárias dele vestindo roupas muito elegantes e quase sempre muito baratas. Hoje em dia é comum vermos as suas fotos em diferentes sites e outros blogs, ilustrando um estilo masculino contemporâneo de bastante bom gosto. São fotos de viagens, refeições, animais e detalhes de cada peça e acessório.

São sempre roupas básicas, com muito mais atenção para o corte e o caimento do que para texturas, cores vibrantes e grifes famosas. Composições com jeans, jaquetas, cardigans, camisas, gravatas, botas e sapatos são as mais comuns - criando um verdadeiro arsenal de referências para os homens de todas as idades.


Os 10 melhores cabelos da Copa 2018

by Eduardo Lautert


Infelizmente é segunda-feira. E infelizmente acabou a Copa.

Mas é aquela coisa, sempre depois duma Copa do Mundo ficam as lições, o aprendizado e claro, o estilo dos jogadores mais importantes do mundo. É por isso que hoje a gente fala sobre um assunto que nem sempre aparece por aqui, mas que merece cada minuto de atenção: cabelos.

Cabelo de jogador de futebol virou sinônimo de exagero, de colorações bizarras e topetes que viram manchete de jornal (vide menino Neymar). A gente não vai muito por essa linha, preferimos pelagens mais naturais, mas caprichadas - que mostram personalidade e ao mesmo tempo servem de referência pra todos os homens.

Com isso, aqui vão os 10 penteados mais legais da última Copa do Mundo:


Veludo canelado

by Eduardo Lautert


Sextou. E esfriou, né? Pensando na massa de ar frio que vai tomando conta de boa parte do país, hoje falamos sobre esse clássico que sempre ajuda a manter a elegância e o conforto.

Veludo canelado, ao primeiro olhar, pode parecer tecido de velho. Não é. E inclusive, de alguns tempos pra cá, virou tendência em muitas das passarelas europeias, com diversas coleções adotando aquilo que os ingleses e americanos chamam de corduroy. Trata-se de um tecido resistente, firme e que esquenta bastante nos dias mais frios.

Suas cores mais populares são o marrom, o azul marinho e o preto, mas tons de cinza, verde e outros também podem ser combinados com bastante facilidade. Peças como jaquetas, casacos, blazers, camisas e calças são as mais comuns, mas sempre lembrando de combinar bem as cores e evitar mais de uma peça da mesma textura no mesmo figurino (tirando conjuntos e ternos, claro).

Abaixo vão algumas referências legais de como combinar bom gosto e conforto usando o veludo canelado:


Referência pra homem: Cristiano Ronaldo

by Eduardo Lautert


Que tristeza, chegamos na última semana da Copa. O que isso significa? Que chegamos ao nosso último craque referência por aqui.

E nada mais justo do que encerrar essa breve série de ícones da Copa do Mundo com ele: Cristiano Ronaldo. O CR7. O Robozão. Capitão e camisa 7 de Portugal que recentemente anunciou a transferência do Real Madrid para a Juventus. Autor de 4 gols na competição, ele não conseguiu levar a seleção muito longe, mas merece todos os nossos aplausos. E mais recentemente isso também vale para o bom gosto na hora de se vestir.

Famoso pela excentricidade e por escolhas de figurino ousadas, CR7 amadureceu bastante nas últimas temporadas. Deixou de lado as roupas com brilho e cores vibrantes para adotar um estilo mais elegante, sempre acertando na medida de cada peça. Sua presença em premiações é um exemplo disso. Enquanto muitos apostam no exagero para chamar atenção, Cristiano demonstra muita sabedoria na hora de combinar termos, gravatas e sapatos - chamando atenção pela elegância e não pela ousadia.

Muita mídia, muito futebol e muita elegância.


Camiseta Henley

by Eduardo Lautert


Frequentemente a gente fala aqui sobre como o estilo básico pode muito bem ser sinônimo de elegância. Bastam as referências certas.

E claro, as peças também. Por isso nossa pauta de hoje se volta pra um item básico do guarda-roupas masculino que tem o poder de transformar um figurino comum em um conjunto de respeito. A camiseta henley é uma mistura de camisa e camiseta. Uma pólo sem gola. E que pode compor tanto visuais formais combinando com paletós e calça social e quanto looks totalmente casuais com jeans e tênis.

Fácil de adaptar, ela também funciona com as sobreposições, podendo ser a última camada por cima de uma camiseta ou ainda ser sobreposta por camisas, jaquetas e casacos. Cores como branco, cinza, marrom e preto são as mais fáceis nessa hora. Vale ver exemplos como David Beckham, Ryan Reynolds e Ryan Gosling - mestres em combinar a henley com naturalidade e bom gosto.


Decoração pra homem: verde

by Eduardo Lautert


Não temos como fugir do clima de Copa. Na verdade nem queremos. É por isso que hoje mesmo não falando de moda, falamos de Brasil. Dessa vez na decoração.

Verde. Nas paredes, nos móveis, na cama. Verde, dizem, é a cor da decoração do momento. E já que é pra torcer pra Neymar e companhia, que esse espírito contamine também os ambientes. Já falamos aqui inclusive que as plantas são ótimas aliadas na hora de deixar cômodos mais aconchegantes e vivos. Isso porque a cor verde é conhecida por transmitir prosperidade e saúde, além de ter a fama de ser uma renovadora de energia.

Verde oliva, verde militar, verde musgo e verde bandeira. Não importa o tom, o que importa é que eles são fáceis de combinar com branco, cinza, marrom e outros tons comuns da nossa casa. De monocromáticos e minimalistas até combinações mais coloridas e ousadas. Vai do estilo de cada lugar e de cada morador. A ideia aqui é lembrar que essa é uma cor interessante e que traz mais vida pra decoração na hora de tirar a casa da monotonia.


Referência pra homem: Kevin Trapp

by Eduardo Lautert


Essa quarta-feira não tem Copa, mas tem referência. O escolhido de hoje: Kevin Trapp - goleiro do PSG e terceiro goleiro da Alemanha. Apesar de não ter disputado nenhuma partida no mundial, Trapp estava no elenco que caiu precocemente quarta-feira passada e por isso surge como nossa penúltima referência de estilo da Copa.

Namorado da modelo brasileira Izabel Goulart, Trapp tem uma relação bem próxima com a moda. Ele frequenta os principais eventos de moda do circuito internacional, além do fato de morar em Paris - uma das principais capitais da moda. E isso se reflete no guarda-roupas.

Trapp passa longe do perfil boleiro ousado&alegre (mesmo convivendo com Neymar e Dani Alves). Suas aparições são sempre marcadas por figurinos discretos, com destaque para combinações básicas e muito elegantes. Não se vê brilho, cores vibrantes ou estampas chamativas. São sempre peças que seguem o padrão slim e que se mantém numa paleta de cores coringa com preto, marrom, cinza e azul predominando. No cabelo e na barba, nada de luzes, topetes e muitos desenhos: Trapp cultiva tudo de forma natural e com muito capricho.

Elegância e discrição ajudam muito na hora de não confundir o desempenho em campo com a vontade de aparecer. É uma forma mais adequada de se destacar e deixar que o futebol fale por si só. #ficadica


Johnny English 3.0 - o filme

by Eduardo Lautert


Segunda-feira. Dia de Brasil e dia também dia de Moda Pra Homem. Mesmo que você leia esse post só amanhã.

De novo para fugir do assunto Copa do Mundo, trazemos três temas que são de extrema relevância para o homem moderno: cinema, comédia e moda. Eba, mas como assim? Simples: Johnny English - o espião mais elegante do Reino Unido (empatado com o James Bond). Com o hilário Rowan Atkinson novamente no papel principal, o filme também conta com Olga Kurylenko e Emma Thompson no elenco.

Depois de um cyber-attack revelar a identidade de todos os agentes secretos ativos na Grã-Bretanha, Johnny English é forçado a sair da aposentadoria para salvar a pátria mais uma vez. Pode parecer mentira, mas o filme é pura elegância. Respeitando a lendária alfaiataria britânica, 
“Johnny English 3.0” retoma os trajes bem cortados, com combinações clássicas e que mesmo em meio a piadas e gargalhadas, serve de referência de muito bom gosto. Só pelo trailer abaixo já temos uma boa ideia do que se trata:


O estilo do NBA Awards 2018

by Eduardo Lautert


Fechamos a semana ainda falando de esporte, mas dessa vez é basquete.

Aconteceu segunda, em Santa Monica, mais uma edição do NBA Awards - a noite de prêmios da liga de basquete americana. A noite que premiou James (O Barba) Harden como o melhor jogador da temporada também foi palco de figurinos elegantes e inusitados.

Como não poderia deixar de ser, abaixo temos aquela galeria dos melhores - e piores - momentos do evento:


Referência pra homem: Olivier Giroud

by Eduardo Lautert


A gente sabe. Ontem teve jogo, jogo importante e mal dá pra pensar em outra coisa. Por isso nossa quarta-feira das referências chega na quinta. Dito isso, vamos a mais um craque: Olivier Giroud

Centroavante da França e do Chelsea, Giroud ficou famoso desde que chegou a Londres (para jogar no Arsenal) pela sua elegância em aparições públicas fora dos campos. Não à toa ele também virou garoto-propaganda da Hugo Boss e estrelou editoriais de revistas como GQ e L'optimum. Sem falar na presença em eventos e premiações futebolísticas - onde na maioria das vezes está entre os mais bem vestidos.

Bom gosto, mesmo com algumas escorregadas que incorporam o estilo boleiro, e muita naturalidade - sem forçar a barra com o que não combina com o perfil do cara. Ingredientes dignos de uma referência. Sendo mais específico, vemos bastante jeans, jaquetas de couro e malhas. Em momentos formais, trajes que seguem as principais regras de alfaiataria tanto para cores e acessórios quanto para tamanhos. Sempre respeitando o corte slim em todos os momentos, marcando a silhueta sem apertar ou deixar folgas e sobras. Em linhas gerais, vemos poucos elementos chamativos ou espalhafatosos. Em vez disso temos originalidade e autenticidade. Do coturno ao topete.


Jaqueta sherpa

by Eduardo Lautert


Segunda-feira, a primeira do inverno brasileiro. E a dica e hoje vem pra trazer conforto e elegância.

Por mais que boa parte do Brasil nem sinta os efeitos do inverno, hoje a gente fala de uma peça de roupa clássica e que além de esquentar bastante, traz um toque de bom gosto indiscutível. Mas por que esse nome? Porque sherpa é o nome de uma das principais etnias do Nepal - tradicionalmente conhecida pelo uso de peles para se esquentar durante o ano inteiro. Ou seja, jaqueta sherpa é aquela com pele por dentro e na gola. Na maioria das vezes essa pele é de ovelha e pode ser de diferentes cores como branco, creme, marrom e preto.

Também conhecidas como trucker jackets (jaquetas de caminhoneiro) essa jaqueta é normalmente de jeans na parte externa, o que faz dela um item muito versátil, podendo compor visuais mais formais com camisa e sapato e visuais mais despojados, com camisetas e tênis. Ótimas também para compor figurinos com camadas, elas podem sobrepor camisas, cardigans, camisetas e moletons (não necessariamente todos ao mesmo tempo). Sempre lembrando que por causa da pele interna, são jaquetas quentes e por consequência funcionam muito melhor em dias frios, nunca em temperaturas amenas apenas pelo estilo. Ok?

Abaixo vai uma galeria com diversas combinações e usuários famosos como David Beckham, Austin Butler e Zac Efron:


Livro pra homem: The Biggest Black Book Ever

by Eduardo Lautert


Novamente dando uma pausa na Copa do Mundo (VAMO BRASIL!), hoje falamos de leitura.

"The Biggest Black Book Ever" é um guia completo para o homem moderno da revista Esquire - uma das mais respeitadas do ramo masculino no mundo inteiro. Moda, comportamento, comida, relacionamentos e muito mais. São orientações ilustradas e práticas em todas as áreas da vida que mais importam para o rapaz contemporâneo. É um livro que mostra como fazer tudo certo, em todos os momentos.

Do trabalho e higiene pessoal ao fitness e o sexo, são 190 páginas com truques, técnicas e segredos para se comportar com confiança e estilo - seja conhecendo o chefe, indo a um primeiro encontro ou participando de um evento de gala. Tudo com uma pegada humorística forte, com muitas piadas e brincadeiras inteligentes. Perfeito pra ter na cabeceira ou na mesa de centro de casa.

Bom gosto e bom humor num livro que mais parece um manual do homem de hoje.


Referência pra homem: Jérôme Boateng

by Eduardo Lautert


A quarta-feira chegou e vocês já sabem o que isso significa: dia de referência pra homem. E seguindo naquela proposta de apresentar os jogadores mais elegantes da Copa do Mundo, hoje temos mais um defensor que demonstra a mesma elegância fora dos gramados.

Jérôme Boateng é o zagueiro da seleção da Alemanha e do Bayern de Munique. Forte, com bastante técnica e boa presença ofensiva, Boateng é um dos líderes do selecionado alemão há quase 10 anos. Em paralelo, é um dos mais ligados em moda, sendo frequentemente visto em desfiles, editoriais, eventos e prêmios como o GQ Men of the Year - o qual ele venceu em 2016.

Em termos de estilo, ele não foge do perfil jogador de futebol, com muitas experimentações tanto de cores quanto de estampas e texturas. Fã dos sneakers, Boateng consegue mesclar um estilo urbano com bastante autenticidade, combinando muito bem os figurinos não parecendo que acabou de sair do treino. E quando a ocasião é mais formal, ele sabe como poucos como vestir um terno - sempre respeitando as regras básicas de alfaiataria e etiqueta, mantendo o corte e o slim fit sempre em dia.


Referência pra casal: Vanessa Hudgens e Austin Butler

by Eduardo Lautert


É segunda-feira e pra começar bem a semana, nada melhor do que um casal apaixonado e elegante.

Vanessa Hudgens e Austin Butler formam um dos casais jovens mais badalados dos últimos anos. Juntos há quase uma década, os dois atores são também reconhecidos pelo bom gosto na hora de se vestir.

Ela incorpora um estilo hippie / boho, com cores e estampas variadas, mas dentro duma gama de tons terrosos. Vestidos, jeans, botas e muitos acessórios são elementos que chamam atenção logo de cara. Bastante informação, é verdade, mas tudo dentro de um mesmo universo - onde as coisas combinam muito bem.

Ele não foge muito dessa vibe, mas pega bem mais leve nas cores e nas estampas. Também adotando um estilo boho, Butler suaviza o visual com cores mais sóbrias e raras estampas. Jeans, jaquetas de couro, camisa e botas são algumas das peças preferidas, sempre respeitando o slim fit em cada uma delas.

Que esse clima contagie a semana de todos nós.


Peaky Blinders

by Eduardo Lautert


Sextou. E pra quem não tá nem aí pra Copa (?!), aqui vai uma dica de passa-tempo cheia de emoção, aventura e claro, elegância.

Peaky Blinders é uma série de televisão britânica lançada em 2013. Até agora são 4 temporadas (a 5ª está prevista para 2019) - todas disponíveis no Netflix, sendo a última delas filmada no ano passado. Ambientada na Inglaterra pós-Primeira Guerra Mundial (anos 20), ela conta com um elenco de peso com Cillian Murphy, Paul Anderson, Joe Cole, Sam Neill, Tom Hardy e Adrien Brody. A história mostra a vida de uma gangue local (os Peaky Blinders), que se envolve em disputas com outras gangues inglesas, italianas e afins na busca por poder e domínio territorial.

O figurino, senhoras e senhores, é um primor: ternos no mais tradicional estilo inglês, com cortes precisos e combinações que até hoje servem de referência. Cinza, marrom, preto e azul marinho exemplificam isso, bem como listras, xadrez, herringbone, tweed e príncipe de gales. Percebam como tudo ali é transferível para a realidade de hoje - desde as gravatas até as botas, sem esquecer dos cortes de cabelo, barba e bigode. Tudo servindo de inspiração para homens de todas as idades na hora de montar e combinar figurinos elegantes. Ok que suspensórios, boinas e relógios de bolso são menos usuais, mas de uma forma geral, vale muito a tentativa de usar alguns (para não dizer a maioria dos) elementos e se influenciar em pleno 2018.


Referência pra homem: Sergio Ramos

by Eduardo Lautert


É Copa do Mundo, amigo! E pra entrar de vez no clima, durante as próximas 5 semanas, nossas referências serão jogadores. Todos presentes na Copa, claro.

Aos órfãos de David Beckham, Andrea Pirlo e Xabi Alonso: não se preocupem, ainda temos bons exemplos de elegância no esporte.

E para começar: Sergio Ramos. Craque, polêmico, artilheiro e por vezes chamado de violento. Ok, mas o assunto agora é fora de campo. É moda. E o zagueiro da Espanha sabe como se vestir - principalmente quando deixa de lado o perfil boleiro ousado&alegre. Considerado um dos caras mais elegantes do certame, Ramos amadureceu seu estilo com combinações interessantes, criando um visual próprio que serve de referência e merece ser elogiado.

Tatuagens, topetes e bastante autenticidade. Quando de terno, Ramos sabe combinar cores e estampas sem passar do ponto e ao mesmo tempo não ficando no lugar comum. Para ocasiões menos formais, ele demonstra a mesma habilidade com camisetas básicas, camisas com estampas delicadas, jaquetas, jeans e tênis. Vale destacar também que o tamanho das roupas tá sempre impecável, respeitando o slim fit em todos os momentos. O mesmo vale para as cores, que constroem uma paleta simples, com tons sóbrios muito bem combinados. Acessórios cumprem um papel de destaque, mas sem exageros: anéis, relógios e óculos de sol são os preferidos.

Abaixo uma galeria com os melhores momentos de Sergio Ramos fora do campo:


Os 10 jogadores mais elegantes da NBA

by Eduardo Lautert


Terminou na última sexta-feira (com os Golden State Warriors como campeões) mais uma temporada da NBA.

E além de reunir os melhores jogadores de basquete do mundo, a liga americana também pode ser considerada uma das mais emblemáticas no meio da moda. É tradição da NBA demonstrar o lado fashion dos seus jogadores tanto na chegada para os jogos quanto na quadra - quando jogadores suspensos e/ou lesionados deixam de lado o uniforme de jogo e capricham nos figurinos.

Claro que assim como no futebol, tem muito marmanjo exagerando na dose. Muito brilho, cores, estampas e etc - é verdade. Mas ao mesmo tempo, nenhuma outra liga de outro esporte demonstra tanta afinidade com a moda. É bastante comum vermos jogadores de basquete nas primeiras filas de alguns dos principais desfiles das principais semanas de moda do mundo, sem falar nas capas de revista, editoriais de moda e presença em blogs especializados. E essa proximidade reflete em momentos de muita elegância durante toda temporada.

Considerando isso tudo, selecionamos 10 jogadores que se tornaram referência de estilo e merecem os nossos elogios pelo bom gosto (na maioria das vezes, claro):


Esportivo ou formal?

by Eduardo Lautert


Por que não os dois? Não é de hoje que roupas esportivas têm tomado mais espaço no guarda-roupas masculino, inclusive para ocasiões que não envolvem esporte.

É cada vez mais comum vermos homens em escritórios usando tênis, moletom, abrigos e etc. Grifes de renome internacional como Armani, Yves Saint Laurent e Gucci vêm misturando peças de alfaiataria com itens esportivos. Num exemplo brasileiro, recentemente tivemos Alexandre Herchcovitch assumindo a criação de moda da Olympikus. E isso não se limita a usar terno de tênis. Tecidos mais maleáveis, materiais mais resistentes e confortáveis são aspectos cada vez mais vistos na moda masculina contemporânea.

Claro que é importante manter o bom senso, a simplicidade e a adequação - sem falar no corte. Não significa que a partir de agora executivos, banqueiros e profissionais que respeitam um dress code formal devem aparecer no trabalho de tênis, moletom e camiseta. Tênis combina sim com terno - mas requer cuidados na hora de combinar cores e estampas. Calça de moletom não precisa ser exclusiva para a academia - mas optar por um modelo slim fit vai dar liberdade para usar em mais ocasiões.

Para ilustrar um pouco essa mistura, aqui vão alguns looks que trazem bom gosto e capricho sem abrir mão do conforto e do estilo esportivo:


Referência pra homem: Idris Elba

by Eduardo Lautert


Mais uma quarta-feira que chega e mais um ator que aparece com muita elegância para ser a referência da semana.

Idris Elba é um ator, produtor e DJ britânico de 45 anos e frequentador deste blog devido ao seu enorme bom gosto em festivais e premiações do cinema. Com filmes como "RocknRolla", "Molly's Game", "Mandela" e "Beasts of No Nation" - que que lhe rendeu indicações ao BAFTA e Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante, Elba é hoje um dos atores mais elegantes do circuito, demonstrando sabedoria para combinar figurinos nos principais eventos de cinema, música e no mais recente casamento real.

Dono de um estilo básico que mescla cores e estampas diferentes sem ousar demais, Dris (como é carinhosamente apelidado) vem ganhando mais e mais espaço não só em megaproduções como "Thor" e "Star Trek", mas também em revistas e campanhas de moda. Sem quase fugir dos tons mais sóbrios, o britânico constrói figurinos inteligentes, criativos, sem nunca apelar para itens desnecessariamente chamativos. Cores como azul, marrom e cinza são as favoritas, bem como peças como camiseta pólo, jeans, botas e alpargatas. Claro que sempre respeitando a regra do slim fit em cada peça. Vale destacar também o seu bom gosto na hora de cortar a barba e o cabelo - mostrando o mesmo capricho e simplicidade na hora do cultivo capilar.

Mais uma referência que já passou dos 40 anos e nem por isso deixa de ter cuidado na hora de se vestir.


Touca

by Eduardo Lautert


É segunda-feira e hoje a gente fala de touca - ou gorro. Tanto faz o termo. O que interessa é que esse é um acessório infalível e muito mais versátil do que se pensa. Em muitos sentidos.

Começando pelo material. Além da lã, mais popular e também responsável por maior nível de aquecimento, temos gorros de algodão e muitos outros materiais sintéticos ou naturais. Pequenos, grandes, compridos, curtos, coloridos, monocromáticos, estampados, listrados, lisos... O importante é experimentar e se adequar ao ambiente e a ocasião. Embora sempre vamos dizer que os modelos clássicos e básicos são os mais fáceis de combinar.

Se engana quem pensa que toucas e gorros são coisa de jovem. Homens experientes podem ser muito elegantes e bem vestidos quando acertam na escolha da touca. Se engana também quem pensa que gorros são acessórios esportivos e despojados. Sim e não. Como a galeria abaixo irá mostrar e nós fazemos questão de reiterar, é possível aliar figurinos mais formais com uma touca. Basta acertar na combinação de cores e estilos, para que o resultado não fique chamativo ou mal combinado.

Abaixo vai aquele tradicional apanhado de imagens que ajudam na hora de escolher o modelo ideal e usar com o resto do figurino. Combinar a cor da touca com outra peça do figurino é sempre uma boa dica. Na hora de escolher o modelo, tamanhos médios tendem a ser mais coringas, se adequando bem a qualquer tipo de rosto, estilo e ocasião.