Dica de Londres: South Bank

by Eduardo Lautert


E hoje vamos dar mais uma dica de Londres. Dessa vez falaremos de uma região super cultural e histórica da capital.

South Bank fica ao sul do rio Tamisa, mais precisamente na beira do mesmo. Entre as pontes Lambeth e Blackfriars. Uma área bastante castigada pela 2ª Guerra, South Bank cresceu em torno do Royal Festival Hall, uma das principais salas de concertos do mundo, abrigando boa parte das apresentações da Orquestra Filarmônica de Londres. Nessa mesma área se desenvolveu o Southbank Centre, um dos principais centros artísticos da cidade, abrigando espaços para shows, galerias de arte e outras manifestações artísticas de todo o mundo.

É ali que também se encontra um dos mais novos e requisitados pontos turísticos da cidade, a London Eye. Com 135m de altura e 32 "capsulas", a maior roda gigante do mundo demora cerca de 30 minutos para dar uma volta completa. Em dias de sol, é possível avistar não somente o centro urbano, mas também os campos e vales ao redor.

Um passeio por South Bank é uma imersão em cultura, arte e (por que não) estilo. Além das atrações citadas acima, recomenda-se também uma visita ao County Hall, prédio que abriga o aquário de Londres. Para quem tem medo de altura e não arrisca uma aventura pela Londo Eye, um descanso no Jubilee Gardens é uma ótima opção. Para os amantes da literatura, a ponte Waterloo abriga o "Southbank Book Market", um mercado de livros usados que fica exatamente embaixo da ponte.

Um programa com a cara da cidade: rico em cultura.