Nó simples

by Eduardo Lautert


Já falamos sobre ele aqui, mas nunca na forma de post exclusivo.

O nó simples é simples mesmo. É o mais fácil de fazer e talvez por isso, o mais usado. Indicado para camisas slim fit, gravatas mais estreitas e colarinhos mais fechados, já que ele é o menos volumoso de todos os nós. Ele chega a dar um tom meio informal no figurino, podendo ser usado até com um jeans e camisa.

Mas calma, o colarinho não precisa ser sempre o mais fechado. Como poderemos ver abaixo, o colarinho italiano (mais aberto) combina perfeitamente com esse nó. Vale apenas conferir o resultado e ser sincero na hora de avaliar o visual. Os modelos de gravata também podem variar, mas é importante optar pelos modelos mais firmes e encorpados, que mesmo com um nó simples, não fica tão pequeno e por vezes estranho.

No mais é observar as referências certas e ter uma boa dose de crítica para se olhar no espelho.