Keith Richards e Brad Pitt: aniversariantes do dia

by Eduardo Lautert


Dose dupla de aniversariantes para fechar o dia.

Não é todo dia que uma lenda completa aniversário. Mais raro ainda é quando podemos homenageá-la em vida. E se tem alguém que merece comemorar o simples fato de estar vivo até hoje, aos 71 anos, é Keith Richards. O cara por trás das guitarras dos Rolling Stones. Um dos precursores do verdadeiro rock and roll lifestyle. Ao lado de Mick, Charlie, Brian e Bill, Keith fundou uma das bandas mais importantes da história da música. E junto deles, ditou um estilo,  tanto de se vestir como de viver, até então inédito - pelo menos publicamente. Mas restringindo a nossa abordagem somente ao figurino, Keith Richards ajudou a construir aquilo que chamamos hoje de estilo roqueiro, das roupas esfarrapadas, cabelos bagunçados e acessórios cheios de personalidade. É por isso tudo e mais um pouco que hoje aplaudimos Keith Richards, um dos maiores que já existiu.

Talvez um dos maiores ícones que o cinema gerou nos últimos 20 anos. Ele pode não ser o mais talentoso, nem o mais elegante. Mas não há como negar a influência de William Bradley Pitt na moda masculina. Aos 51 anos recém completados, ele coleciona grandes filmes no currículo. Trabalhos como "Entrevista com o Vampiro", "12 Macacos", "Seven" e "O Curioso Caso de Benjamin Button" ajudam a explicar. No quesito estilo, Brad Pitt pode estar alguns passos atrás de caras como George Clooney, Leonardo DiCaprio e Ryan Gosling, por exemplo. Mas sua presença em festivais e prêmios quase sempre é acompanhada de elegantes ternos e smokings. Sem falar nos penteados caprichados. O últimos deles um undercut furioso. Ou seja, ele pode não ser o mais bem vestido nem o mais talentoso. Mas mesmo assim ele tem a sua parcela de influência. E ela não é pequena.