O estilo do Brit Awards 2014

by Eduardo Lautert


E para fechar mais uma semana com o devido estilo, uma galeria com mais gente elegante e talentosa.

Aconteceu na última quarta-feira (19), mais uma edição do prestigiado Brit Awards, um dos mais importantes da indústria musical britânica. Nem mesmo a ausência do mestre David Bowie foi suficiente para diminuir o nível de estilo dos presentes na O2 Arena. em Londres.

Donos de duas estatuetas (Melhor Grupo e Melhor Disco) e de uma atitude um tanto blazé, os Arctic Monkeys desfilaram pelo tapete vermelho com a elegância habitual. Nos seus próprios moldes, claro.

James Corden, como todos lembram, já foi referência por aqui. E a julgar pelo seu visual na noite de quarta, fizemos uma boa escolha. Com um smoking de estampa discreta e bem alinhado, o mestre de cerimônias mereceu os aplausos.

Pharrell Williams e a sua incrível capacidade de se vesitir muito bem em um dia e no outro aparecer assim. Demais comentários não se fazem necessários.

Na mesma linha de Pharrell, mas com muito mais bom gosto, temos o rapper Tinie Tempah. Considerado um dos caras mais elegantes do Reino Unido, ele consegue construir belas combinações com bastante ousadia.

Eleitos a revelação do ano, a banda Bastille também promete em termos de figurino. Ternos bem cortados, barbas elegantes e penteados raivosos deram o tom no tapete vermelho.

Nosso mais recente casal referência segue fazendo bonito por aí. Falando apenas de Calvin Harris, o preto com preto funcionou muito bem. O amarelão de Rita Ora se saiu bem pelo belo contraste.

O jovem Tom Odell mostrou a sabedoria já tradicional na hora de montar um figurino. Com uma camisa e um colete de smoking sem gravata, o cantor acertou em cheio com o sobretudo azul marinho.

Mais ou menos como as suas músicas, os rapazes do One Direction (vencedores nas categorias Melhor Vídeo e Sucesso Global) pisaram um pouco na bola na noite de quarta. Faltou aliviar um pouco a mão nas estampas e contrastes. Mas eles ainda são jovens, têm tempo para aprender.