Referência pra homem: Barry Jenkins

by Eduardo Lautert


A quarta-feira das referências está de volta e na onda da temporada de prêmios do cinema.

Barry Jenkins é o nome de um dos mais renomados diretores da nova geração. Indicado ao Oscar desse ano pelo roteiro adaptado de “Se a Rua Beale Falasse” (o qual ele também dirige), ele é o aclamado diretor de "Moonlight” - vencedor da estatueta em 2016. Ele é o quarto negro da história a ser indicado ao prêmio de Melhor Diretor e o segundo a dirigir um Melhor Filme. Mas não é do seu curto e notável currículo que estamos falando. O assunto aqui é moda. E diferente de muitos colegas de profissão, Jenkins não se apóia em roupas espalhafatosas e ousadas. Muito pelo contrário: é por meio de peças discretas e muito bom gosto que ele também coleciona elogios por onde passa.

Cores sóbrias dão o tom. Azuis, cinzas, marrons facilitam combinações com branco e preto, ao mesmo tempo que se encaixam na maioria das ocasiões. Se a situação permite, estampas delicadas e texturas discretas têm seu lugar no figurino pessoal do diretor. E nos pés sapatos sem meia são recorrentes nos dias mais quentes enquanto que botas e coturnos aparecem no inverno. Para completar, o corte. Não cansamos de falar que o fit é um dos principais fatores para um homem se destacar de forma positiva. E Barry Jenkins mantém tudo no lugar e nas medidas certas o tempo inteiro. A galeria abaixo serve como prova: