Estampa com estampa

by Eduardo Lautert


Tem muita gente por aí evita vestir roupas com estampas diferentes. E faz certo. Esse post de hoje vem para dizer que misturar estampas não é sempre um erro. Só requer muitos cuidados.

Se você aí é daqueles inseguros quanto a esse assunto, melhor nem continuar lendo. A partir de agora vamos tentar dar dicas de como combinar estampas sem tornar o conjunto num carro alegórico.

Em primeiro lugar, estampa demais nunca é bom. Por isso é sempre melhor optarmos pelas mais delicadas e discretas, aquelas que não saltam tanto aos olhos. Segundo, prefira cores e tonalidades semelhantes (não necessariamente iguais). Dessa forma a combinação não fica tão gritante. Em terceiro, se misturar estampas for mesmo muito difícil, comece pelas peças menores, como gravatas, meias, lenços e outros acessórios.

O importante aqui é perder o preconceito e arriscar. Mas também é saber olhar no espelho e admitir quando o resultado não ficou bacana como o esperado.