O estilo do Brit Awards 2015

by Eduardo Lautert


E a temporada de prêmios segue a todo vapor. Dessa vez o assunto é música. Música britânica.

Aconteceu ontem, na gloriosa O2 Arena de Londres, mais uma edição do prestigiado Brit Awards. Um dos mais importantes da música da Grã-Bretanha. E como era de se esperar, muita gente elegante passou pelo tapete vermelho.

E como não podia deixar de ser, aqui vai aquele tradicional resumo do estilo de mais uma noite de prêmios:

Vencedor de dois Brits, a sensação do momento Sam Smith mostrou que também sabe se destacar com o terno na mão. Faltou finalizar com uma gravata. Ou, pelo menos, abrir alguns botões da camisa.

Apresentadores da noite, Ant McPartlin e Declan Donnelly foram perfeitos. Tirando as piadas sem graça, nota dez para ambos os ternos.

Também vencedor de dois prêmios na noite de ontem, Ed Sheeran foi quase perfeito. Terno: ok. Gravata: ok. Tênis: faltou capricho. Um modelo um pouco menos esportivo poderia ajudar bastante.

E não foram só os músicos que pisaram no tapete vermelho da O2 Arena. O ator Orlando Bloom também fez uma aparição elegante. Só faltou resolver a camisa. Ou abre ou coloca uma gravata, oras. Um modelo de tricô cairia perfeitamente.

Conhecido por muitos como um dos caras mais elegantes da música britânica, Mark Ronson deu aquela famosa escorregada ontem. O blazer mais parece ter vindo do guarda-roupas do Elton John.

Coadjuvantes na noite de ontem, não estavam indicados a nenhum prêmio, Rick e Simon, do Kaiser Chiefs, mostraram que a banda segue sendo uma das mais elegantes da Inglaterra.

E a nossa galeria termina com uma presença quase que Real. Jimmy Page, ex-Led Zeppelin, também esteve presente no evento. Sem os babados, bordados e brilhos, Page mostrou estar muito mais adequado do que nos tempos de rock and roll lifestyle.