O estilo do Festival de Cannes 2014

by Eduardo Lautert


Nossa segunda-feira começa, mais uma vez, estrelada.

Terminou ontem, na França, o glorioso Cannes Festival, um dos mais badalados do cinema internacional. Em sua 67ª edição, o evento, que teve início no dia 14 desse mês, trouxe ao clássico tapete vermelho do Palácio dos Festivais, grandes nomes do cinema de diferentes países, gêneros e claro, estilos.

E como já é de praxe, nossa pauta irá percorrer cada dia de festival, trazendo os melhores momentos no quesito elegância.

São eles:

Longe dos holofotes há algum tempo, Adrien Brody segue sendo sempre uma boa referência de estilo. Com um terno de três peças, Adrien acertou ao deixar a gravata de lado e optar por um tom bastante adequado para um evento durante o dia.

Presença garantida nas últimas edições, Robert Pattinson conseguiu, mais uma vez, adaptar o seu estilo largadão com bastante sabedoria.

E o terno de três peças faz mais uma vítima. Dessa vez em um tom bem mais escuro. James McAvoy mostrou toda a sua sabedoria escocesa para combinar um figurino minimalista com perfeição. E nas cores da bandeira.

Com passagem elogiada por aqui, Matt Smith foi um dos destaques dos 20 dias de festival. Além de ser dirigido por Ryan Gosling em "Lost River" (exibido por lá), o ator ainda desferiu um figurino caprichado.

Viver Yves Saint Laurent na telona não é pouca coisa. Ainda mais no quesito estilo. O francês Gaspard Ulliel mostrou a elegância francesa de sempre para representar o estilista no cinema e no tapete vermelho.

Companheiro de Gaspard em 'Saint Laurent', Jérémie Renier foi outro que esteve à altura. Com uma camisa estampada e peças discretas, o francês se mostrou à vontade em todos os sentidos.

Promovento o filme 'Foxcatcher', estiveram Mark Ruffalo, Steve Carell e Channing Tatum. Promovendo a elegância simples e sem exageros estiveram Mark Ruffalo, Steve Carell e Channing Tatum. Precisa dizer mais?

Eleito um dos destaques dessa edição, Ryan Reynolds mostra, cada vez mais, que o nome Ryan a frente, significa 'estilo'. Discreto, bem combinado e com os acessórios ideais, o rapaz foi só aplausos.

E a 67ª edição do Festival de Cannes marcou o retorno de Ryan Gosling aos holofotes. Dessa vez como diretor, em "Lost River", Ryan mostrou a sabedoria e a simplicidade de sempre para receber os aplausos por sua estreia na direção e pela sua volta aos blogs de moda.