Referência pra homem: Olivier Giroud

by Eduardo Lautert


A gente sabe. Ontem teve jogo, jogo importante e mal dá pra pensar em outra coisa. Por isso nossa quarta-feira das referências chega na quinta. Dito isso, vamos a mais um craque: Olivier Giroud

Centroavante da França e do Chelsea, Giroud ficou famoso desde que chegou a Londres (para jogar no Arsenal) pela sua elegância em aparições públicas fora dos campos. Não à toa ele também virou garoto-propaganda da Hugo Boss e estrelou editoriais de revistas como GQ e L'optimum. Sem falar na presença em eventos e premiações futebolísticas - onde na maioria das vezes está entre os mais bem vestidos.

Bom gosto, mesmo com algumas escorregadas que incorporam o estilo boleiro, e muita naturalidade - sem forçar a barra com o que não combina com o perfil do cara. Ingredientes dignos de uma referência. Sendo mais específico, vemos bastante jeans, jaquetas de couro e malhas. Em momentos formais, trajes que seguem as principais regras de alfaiataria tanto para cores e acessórios quanto para tamanhos. Sempre respeitando o corte slim em todos os momentos, marcando a silhueta sem apertar ou deixar folgas e sobras. Em linhas gerais, vemos poucos elementos chamativos ou espalhafatosos. Em vez disso temos originalidade e autenticidade. Do coturno ao topete.