Sessão retrô: colarinho italiano

by Eduardo Lautert


Chegando a época de formaturas, casamentos e afins, é fundamental prestar atenção nos detalhes que podem fazer toda diferença na hora de montar o traje ideal.

O colarinho da camisa é mais um detalhe, um capricho que às vezes merece uma boa dose de atenção. Assim como a lapela, ele pode fazer a diferença num conjunto. Tanto para melhor quanto para pior.

O colarinho italiano possui um feitio mais aberto, com as pontas da gola da camisa mais espaçadas, formando um ângulo maior entre uma ponta e outra. Pode até parecer frescura, mas esse tipo de colarinho pode ser o toque de elegância em um figurino, diferenciando-o dos outros. Ele necessariamente pede uma gravata mais larga. Modelos slim são mais difíceis de combinar aqui, já que ocupam menos espaço. O  também deve ser igualmente largo, preenchendo mais o espaço entre as pontas da gola (Windsor e Semi-Windsor são os mais indicados).

Bom gosto com sotaque italiano. Só pode ser coisa boa.