Botinas

by Eduardo Lautert


O que David Beckham, Kanye West, Harry Styles e Brad Pitt têm em comum? Além de uma conta bancária bem recheada, os três são adeptos das botinas - ou, em bom inglês, as chelsea boots.

Sem dúvida uma das peças mais usadas no último inverno do hemisfério norte, aquela bota sem cadarço, com tiras de elástico na lateral, que também chamamos de botina, é garantia de bom gosto e simplicidade - já que não conta com brilhos ou texturas chamativas. Cores como marrom, preto e até cinza são as mais comuns e ainda facilitam a combinação com outros tons.

Trata-se de uma excelente aliada durante os meses de inverno, já que podem combinar com diferentes estilos e ambientes. Por exemplo, calça jeans, camiseta e moletom formam um combo interessante, ao mesmo tempo que um par mais delicado e discreto pode acompanhar um terno com gravata. E vale lembrar que botina com bermuda não faz muito sentido, ok?

Modelos com solado de borracha são mais rústicos e mais confortáveis, já que os com sola de couro ou madeira normalmente possuem um salto mais alto e bico mais fino. O couro pode ser liso e com um pouco de brilho ou textura - estilo camurça. Mais do que isso é sair da zona de segurança e estilo. Independente, qualquer um deles garante sucesso na hora de calçar.

Abaixo vão exemplos de cores, materiais e principalmente combinações que as botinas possibilitam.