7 lições por David Beckham

by Eduardo Lautert


E é mais ou menos no clima das finais dos estaduais pelo Brasil que a gente abre a semana com uma homenagem a um grande craque. A gente explica o "mais ou menos":

Como muitos devem saber, sábado marcou o 40º aniversário do ex-jogador e modelo David Beckham. E como muitos também devem saber, Beckham é um dos maiores ícones de estilo aqui no blog. Suas roupas e costumes são referência para homens de todas as idades.

E para provar que o cara é mesmo uma referência, aqui vão 7 (número da camisa dele na seleção inglesa) lições que o quarentão nos ensinou ao longo dos anos:

Futebol vs Elegância.
Por que jogador de futebol é sempre associado ao estilo boleiro, espalhafatoso e nada elegante? Ao lado de caras como Pirlo e Xabi Alonso, ele é a prova de que é possível construir uma carreira vitoriosa dentro de campo e ainda ser considerado um dos homens mais bem vestidos do planeta.

Básico.
E para fugir do estilo boleiro, ele passa longe das estampas e dos brilhos. Ele aposta no simples. Há cerca de dez anos, Beckham passou a se vestir de forma mais comportada, optando por peças discretas e básicas. Não à toa passou a ser uma personalidade no mundo da moda.

Tatuagens.
Tudo bem que tatuagem também faz parte do estilo de muito boleiro por aí. Mas há de se ressaltar a elegância e a personalidade que elas trazem. Seja para o Zezinho do XV de Piracicaba ou para David Beckham.

Chapéus, gorros e boinas.
Não é nada fácil se dar bem com eles. E não é porque ele consegue, que a tarefa se torna simples. Beckham sabe muito bem escolher os modelos certos, sempre fugindo dos mais exagerados e optando pelos clássicos. Uma breve busca no Google ajuda com um arsenal de referências.

Barba.
Fazer a barba não é sinônimo de elegância. O contrário também não, é claro. Mas tomem Beckham como exemplo: uma pequena dose de cuidado (sem exageros, por favor) com os pelos faciais faz toda a diferença.

Motos.
Uma paixão que o atleta não esconde de ninguém é a motocicleta. E não há como negar o acréscimo que elas trazem para o figurino. Até mesmo para um senhor de 40 anos como ele.
* Recomendamos o documentário "David Beckham: Into The Unknown", no qual ele e mais três amigos desbravam a Floresta Amazônica sobre duas rodas.

Família.
E como todo senhor de 40 anos, Beckham passa a tradição e os bons costumes para os herdeiros. Sem ditaduras, é claro, mas criar os filhos com boas maneiras é sempre válido.