Terno de verão

by Eduardo Lautert


Não é de hoje que homens (e mulheres) lutam bravamente contra o calor durante esses primeiros meses do ano. E o maior desafio segue sendo ter que manter a elegância debaixo de temperaturas escaldantes.

Acontece que, diferente da Europa, no Brasil não temos a cultura de adaptar nossos trajes de acordo com a estação. Se é terno, é o mesmo tipo de terno o ano inteiro. Enquanto que lá, se é frio, veste-se um tecido mais grosso e acessórios para o frio. No verão, tecidos leves e cores claras. Infelizmente isso ainda não pegou aqui no país tupiniquim. O que é uma pena, claro. Não só em termos de estilo, mas também de conforto.

Logicamente existem excessões. E é por causa delas que fizemos esse post. Porque existem sim ocasiões que permitem a variação do tipo de terno. No verão, como é o caso agora, existem as formaturas, casamentos, batizados e festas ao ar livre. Todos esses permitem uma adaptação do figurino. Lembrando que, se o dress code diz o contrário, é melhor segui-lo. De qualquer forma, investir em blazers claros, com camisas e sapatos (ou tênis, dependendo do modelo) leves pode ser uma alternativa elegante e o mais importante: confortável. As cores pastéis são uma ótima forma de começar a combinar.

Porque a regra número 1 para se vestir bem é estar confortável.

As fotos abaixo nos ajudam a explicar: