Príncipe de Gales

by Eduardo Lautert


Começou a semana e nesse clima a gente traz uma dica (não necessariamente uma novidade):

O Príncipe de Gales, como o nome mesmo sugere, vem do Reino Unido. E se vem do Reino Unido, as chances são grandes de estarmos falando de algo que esbanja elegância. Antes chamada de Glen Plaid, a estampa ganhou o novo nome devido ao seu maior entusiasta e responsável pela sua popularidade: o Duke de Windsor, então Príncipe de Gales.

Trata-se de um xadrez clássico, mais formal, sendo uma das estampas mais comuns no ramo da alfaiataria. Suas cores geralmente flutuam entre o cinza, preto, bege, marrom e azul, e a sua composição mais tradicional é feita em lã, podendo variar para o algodão, por exemplo. Suas aplicações são mais comuns em ternos (com colete) e trajes, mas também é comum vermos gravatas, casacos e até bolsas.

Título Real para deixar o figurino ainda mais elegante.