Pra altões

by Eduardo Lautert


A moda é mesmo feita de altos e baixos. E, não nos leve a mal, somos completamente a favor do estilo de cada um. Usar o biotipo a favor é uma valiosa virtude.

Acontece que nem todo mundo gosta de exaltar o seu próprio biotipo com tanta veemência. Pensando nisso, seguindo na linha da Moda pra baixinhos, hoje temos um post que vai ajudar os rapazes mais altos na hora de "disfarçar" um pouco. De novo, não estamos aqui pregando nenhuma regra, apenas dando dicas para quem deseja experimentar.

Como muitos devem lembrar, aqui vale exatamente o contrário do post para baixinhos. Na hora de escolher o terno, lapelas largas e gravatas com nós mais encorpados ajudam a 'achatar' o corpo. Além do que, se escolhidos com o devido capricho, podem se tornar um diferencial bastante valioso.

Da mesma forma que listras verticais ajudam a alongar, as horizontais tendem a achatar. Nada de exagerado, claro. Principalmente se o modelo for discreto e cair bem.

Seguindo a mesma ideia das listras, temos o xadrez e o quadriculado. Ambos com o poder de diminuir o tamanho do tronco. Eles ajudam a criar volume e a tirar a atenção do tamanho.

Ainda na tentativa de criar volume para distrair, temos a alternativa das camadas. Bastante elogiadas por aqui, elas são uma alternativa elegante e moderna para essa situação.

O contraste é mais uma artimanha bastante valorizada nesse caso. Assim como conjuntos monocromátios ajudam a alongar, o contraste entre as peças ajuda a 'fatiar' o visual, tirando a atenção do tamanho do corpo. 

Já que o assunto é fatiar, nada melhor do que um belo cinto para fazer o serviço bem feito. Para os baixinhos, o ideal é apostar em modelos que não criem contraste. Logo, o oposto vale para os mais altos. Tudo com uma boa dose de descrição, certo?