As chuteiras da Copa do Mundo 2014

by Eduardo Lautert


Seguindo a nossa pauta pré-Copa, hoje é dia de falar de mais um item essencial na vida de um boleiro: as chuteiras.

Sim, depois de falar sobre camisas históricas e as mais bonitas camisas da Copa, é hora de conhecer um pouco mais sobre as "butinas" que os rapazes irão calçar no mundial. Separamos aqui os 16 principais modelos a serem vistos nos campos do Brasil. É claro que vão aparecer cores e modelos diferentes, mas a essência é mais ou menos essa aqui:

Adidas Predator.

Para essa Copa, a marca alemã apostou em estampas semelhantes para os seus modelos, variando muito pouco entre cada chuteira. A Predator, famosa pela sua precisão, vai calçar craques como Ôzil e Oscar. O desenho é bonito, a estampa, assim como nas outras Adidas, deixa a desejar.

Adidas Nitrocharge Energy.

O modelo mais novo da marca. Também com a estampa preto e branca chamativa (até demais), vai calçar craques como Daniel Alves e Steven Gerrard.

Adidas F50 Speed.

Como o nome já diz, a promessa aqui é velocidade. Mais uma vez com a exagerada estampa em preto e branco, esse modelo traz as tradicionais tries listras na horizontal. Luis Suarez e Fred serão alguns dos jogadores a optar pelo modelo durante a Copa.

Adidas 11pro

O modelo mais conservador da Adidas. Conservador até novamente vermos a estampa padrão da marca para o mundial. Mais longa e de design clássico, esse modelo vestirá os alemães Toni Kroos e Philipp Lahm.

Adidas F5 Messi.

O modelo feito especialmente para o camisa 10 da Argentina, traz mais cor ainda para a estampa de 2014. Agora temos preto, branco e azul em uma estampa que simula as pintas de uma onça. As listras mais uma vez vêm na horizontal, como na F50 comum.

Mizuno Morelia Neo.

O clássico modelo da marca japonesa chega com o mesmo desenho de sempre, mas com mais brasilidade nas cores. O preto dá lugar ao azul e o branco dá lugar ao amarelo. Mais uma vez o exagero de cor impera nos pés dos boleiros. O brasilero Hulk irá calçar um par durante a Copa.

Nike Magista.

Principal lançamento do mercado de chuteiras dos últimos anos, a Magista inova ao trazer o cano alto de volta ao futebol. Prometendo mais estabilidade e conforto, o modelo vai ser usado por Thiago Silva, David Luiz, Iniesta e Mario Gôtze.

Nike Mercurial Superfly IV

Também entrando na moda do cano alto, a popular Mercurial promete a velocidade de sempre aliada a mais estabilidade devido ao cano mais alto. Cristiano Ronaldo será o grande astro calçando esse modelo.

Nike Hypervenom.

Pensada para os atacantes de agilidade, a Hypervenom é mais achatada e larga na base, prevendo mais superfície para os pés e assim proporcionar mais agilidade. Seu material macio dá mais conforto no encaixe do pé. Neymar e Rooney irão vestí-la.

Nike Tiempo Legend V

Inspirada nos clássicos modelos dos anos 90, a Tiempo V chega com um verdadeiro upgrade nas cores. O preto e o branco dão lugar ao amarelo, azul e vermelho. Um modelo mais minimalista e discreto, na medida do possível. O italiano Pirlo e o espanhol Piqué prometem desfilar com ela no mundial.

Puma EvoPower.

Se a Adidas e a Mizuno inovaram nas cores e na estampa e a Nike inovou no cano alto, a Puma foi além e criou uma chuteira que tem um pé de cada cor. Não, não se trata de um modelo desparceirado, e sim da nova cara da marca alemã para o mundial. A EvoPower vestirá o espanhol Cesc Fábregas e o marfinense Yaya Touré.

Puma EvoSpeed.

Assim como a Adidas, a Puma também criou um padrão para os seus modelos. A EvoSpeed, embora muito parecida com a EvoPower, é mais estreita para dar mais velocidade ao atleta. Sergio Agûero e Olivier Giroud serão dois a experimentar esse modelo.

Umbro UX-1

Famosa nos anos 80 e 90, a inglesa Umbro investiu na resistência e na potência para o mundial. Seu material é ultrarresistente e à prova de qualquer condição climática. O goleiro inglês Joe Hart vai botar o novo modelo para trabalhar na Copa.

Warrior Skreamer II.

Também inspirada pela diversidade brasileira, a Warrior lança a segunda edição da Skreamer nas vésperas da competição. Com costuras no topo e na frente, o modelo promete dar mais precisão e aderência no contato com a bola. O defensor Vincent Kompany vai calçá-la no Brasil.

Warrior Gambler II.

Menos carnavalesca do que a chuteira acima, a Gambler II também vem com detalhes do peito do pé para criar maior aderência no contato com a bola. Além de melhorias nas travas, para maior tração. O belga Fellaini é um dos escalados para vestí-la.

Warrior Superheat.

Pesando apenas 180g, a Superheat é uma das mais leves do mercado e vem para competir com os modelos F50, da Adidas e Mercurial, da Nike. Sua coloração dourada faz dela mais um dos inúmeros modelos chamativos a serem vistos na Copa do Mundo.