Moda masculina sem tendências. Homem pode se vestir bem. E não precisa ser fru-fru.

 
Moda masculina virou sinônimo de frescura, onde a regra é seguir tendências, saber qual é a nova, saber qual foi o sucesso da semana de moda de sei lá onde. Fiquei pensando que homem pode se vestir bem, com bom gosto, olhar para a moda sem afetação. Porque moda, antes de tudo, entrega um estilo de vida.

Tenho 25 anos e nasci em Porto Alegre, nos anos 90. Não cresci sonhando em escrever sobre moda, entender sobre moda nem conhecer moda. Queria ser rockstar, jogador de futebol, cineasta, artista, fotógrafo... Mas a curiosidade e a experiência de morar em Londres me fizeram perceber que moda é mais do que se vestir, é falar um pouco de si, sem falar nenhuma palavra.

Aliando essa descoberta à experiência como redator publicitário, resolvi escrever sobre isso tudo, dar dicas, comentar, criticar e elogiar. Juntar esse tema com outros que eu gosto e que definem meu estilo pessoal e também da minha geração.

Não quero ditar regras, mas retratar um cenário que a maioria dos jovens fazem parte hoje. Eu, incluído.

 

Contato: eduardo.lautert@gmail.com